IMG_1380IMG_1842

“Não queríamos mudar o mundo, queríamos só ajudar. Ajudar nos problemas ambientais, nos humanitários. Ajudar.”

A Maria, a Ana Teresa, a Elsa, o Emi, e o Zé já estão a terminar a sua experiência de voluntariado em Cabo Verde (no âmbito do projecto “Bridging Europe and Africa” – http://beasi.eu). Faz uma pausa para leres os seus fantásticos testemunhos e sentires como SVE pode enriquecer a tua vida e abrir horizontes:


IMG_1391

“Tudo o que possa ser dito sobre a experiência enquanto Voluntários Europeus é pouco diante da grandiosidade de tudo o que se vive, de tudo o que se ganha quando decidimos dar-nos às pessoas, às causas. Os dias, aqui São em Vicente, Cabo Verde, ainda não chegaram ao fim mas já não podemos ignorar a contagem decrescente que se instalou, sem aviso, nas profundezas da nossa mente. Olhar para trás é, agora, um misto de felicidade e melancolia. Foram momentos e pessoas que nos encheram o coração e que, gostamos de acreditar, se deixaram tocar por nós também. Foram coisas boas e más, experiências que nunca tivemos e que não voltaremos a repetir, foram dificuldades e a satisfação de as ultrapassar. Foi perceber que a forma como vemos a vida muda sem darmos conta e de repente tudo o que era fundamental passou a acessório. Tínhamos projetos, muitos. Não queríamos mudar o mundo, queríamos só ajudar. Ajudar nos problemas ambientais, nos humanitários. Ajudar.

IMG_2452 14681067_513891025467236_964441312541098019_o

Participamos e criamos eventos culturais, demos aulas de tango, distribuímos livros em escolas, roupas. Ajudamos a construir uma capela em honra de Santa Luzia, pela qual os pescadores nutrem grande devoção, entregamos material escolar, prestamos apoio a associações locais. Passamos dias na ilha de Santa Luzia numa campanha de limpeza que removeu quantidades enormes de lixo que dá à costa. Prestamos apoio escolar a crianças, preparamos exposições, ajudamos a reabilitar o Centro de Interpretação ambiental MarVivo, no Calhau e foi lá também que ajudamos a promover uma formação em higiene e segurança no trabalho para pescadores e peixeiras. Integramos um projeto pioneiro de turismo sustentável na ilha e tantas outras atividades que diariamente nos preencheram o tempo.

PicMonkey Collage

E não foi a coragem, como tantos dizem, que nos fez vir para cá. Foi perceber que por mais que consigamos dar às pessoas com esta experiência, nós também crescemos, nós também mudamos, nós também somos ajudados por elas. Se valeu a pena? Sim, sim…mil vezes sim. E se no mundo houvesse um botão de teletransporte era para cá que voltávamos. Uma e outra e infinitas vezes.”

14570531_507604999429172_1375722445905453910_o

Descubre mais na página Facebook do projeto deles: Krioular

Pin It on Pinterest

Share This